O Romantismo e a Elegância do Corte Fluido

Conheça como esse estilo foi adaptado a moda e se apaixone por ele

Na moda, os vestidos começaram a aparecer por volta de !800, mas em 1870 surgiu a moda impressionista, onde os vestidos começaram a mudar com a retirada do uso das crinolinas, ganhando mais poder no guarda roupa feminino, surgindo modelos com cores mais vibrantes, cortes fluidos e estampas florais. Aqui, as mulheres faziam uso apenas do bustle, um acessório que dava volume somente na parte de trás dos vestidos fluidos. 

Foto: Arquivo Digital

Algumas mulheres não se adaptaram a moda dos vestidos com o uso do bustle, nem mesmo em um curto período onde se parou de usar, para se ter vestidos com mais drapeados e com caudas longas, pois elas queriam ter conforto. Assim, surgiu a moda dos vestidos artísticos, com um ar mais medieval, soltos, sem espartilhos e, na maioria, sem a cintura marcada. Esses vestidos ficaram conhecidos como “os vestidos para chá”, usados para ficar em casa ou receber familiares e amigos.

Foto: Arquivo Digital

A partir de 1890 houve muitas mudanças de valores e a prática de esportes se tornou algo mais rotineiro, precisando de um conforto a mais para os vestidos, onde a sensação de liberdade era muito procurada pelas mulheres ao se vestir. 

*foto vestido verde estampado e lilás 

Já em 1920 pode ser considerado como a década da liberdade feminina. Elas estavam livres dos espartilhos, podiam mostrar mais as pernas, o colo e usar maquiagem. Os vestidos eram mais leves, elegantes, na maioria sendo de seda, e super confortáveis para ornar com a dança charleston, divertimento dos cabarés nessa época. 

Foto: Arquivo Digital

A Coco Chanel revolucionou a moda nessa época, pois ela trouxe o conforto como sendo algo quase que obrigatório para as mulheres, ganhando a admiração de todas. Com isso, os vestidos de noiva se tornaram leves e românticos, sendo procurados por muitas noivas atualmente. Quando uma noiva entra em sua cerimônia com um vestido fluido, ela passa a sensação de leveza e consegue transmitir o romantismo e delicadeza que aquele vestido tem. 

As noivas que procuram por suavidade sempre acabam optando por esse estilo. Esses vestidos são mais rodados e sem volume, combinando muito com casamentos ao ar livre, tanto durante o dia quanto a noite. As noivas ficam extremamente femininas com o caimento lindo que o corte fluido faz.

Foto: Reprodução

Essa modelagem encantam as noivas que querem suavizar a silhueta. A saia pode ser lisa ou plissada, com rendas mais leves, como a chantilly, em tule plummeti de seda e com detalhes de laços ou aplicações 3D.

Foto: Reprodução

Frescor define bem os vestidos de noiva fluidos, onde transparências, fendas, decotes mais avantajados e costas de fora, caem muito bem nessa modelagem. Seus cortes  costumam ser mais delicados por conta dos tecidos em seda, usado nas maiorias dos modelos.

Foto: Reprodução

Para um casamento durante o dia, no campo ou praia, opte sempre por modelos em que o corpo acompanhe a leveza e fluidez da saia, tendo sempre um bordado mais leitoso e espancado ou detalhes no próprio tecido do vestido. Os casamentos durante a noite pedem um toque mais luxuoso ao vestido, podendo ser combinado com um bordado incrível.

A modelagem mais fluida nos permite ir desde um vestido mais romântico até um mais sexy, conseguindo adequar a identidade da noiva ao conforto e elegância. 

O atendimento é realizado com agendamento prévio

segunda à sexta-feira, das 11h às 18h.
sábados, das 9h às 14h.

Eai, gostou dos modelos 2020 da marca? Vem conhecer a coleção completa e se apaixonar!

Agende seu horário.

Unidades Casamarela:

São Paulo: Rua Peixoto Gomide, 1801 – Jardim Paulistano, São Paulo (11) 3061-0239
Campinas: R. Maria Monteiro, 54 – Cambuí, Campinas – SP (19) 3254-4091
Piracicaba: R. Boa Morte, 1984 – Centro, Piracicaba – SP (19) 3413-5879